Junho 29, 2010

O Mundo da Noite: onde tudo começou, por L. J. Smith



Olá, vampiros


Hoje descobrimos um guia para fãs da série O Mundo da Noite, de L. J. Smith, que inclui uma carta muito inspiradora da autora. Nela, L. J. Smith explica a génese de O Mundo da Noite, que ideias estiveram na origem da série e os sentimentos que mais lhe interessou explorar. Neste livro – Nightworld: The Ultimate Fan Guide, apresentam-se as característicasas das várias entidades que habitam o Mundo da Noite, o Princípio da Alma Gémea e a Profecia, revelando notas inéditas de L. J. Smith.


Traduzimos excertos da carta, que decerto interessará a todos os fãs de Lisa Jane Smith.


É este o fio que une todos os romances da série O Mundo da Noite: a redenção. A possibilidade de uma segunda oportunidade. Todos nós temos de fazer escolhas, mas mesmo o mais cruel dos vampiros pode escolher expiar as suas faltas e redimir-se. Não é certo que adie o castigo neste mundo ou no próximo, mas a redenção é possível.

 

Queria escrever uma serie em que este Mundo da Noite ? um mundo vastíssimo e secreto que existe, latente, no mundo de todos os dias ? se fosse revelando, lentamente, aos seus leitores.

 

Também queria escrever a respeito de um novo amor proibido. Não é fácil ? a maior parte dos bons temas do amor proibido já remonta aos tempos de Shakespeare. Mas, com esta série, eu podia criar a possibilidade do amor proibido dizendo simplesmente que as leis do Mundo da Noite proíbem os seus membros de se apaixonarem por um humano. Mas ainda precisava de mais um ingrediente. Precisava de criar o princípio da alma gémea para forçar os habitantes do Mundo da Noite a apaixonarem-se por humanos, por muito que lutassem contra esse sentimento.

 

 

Relembramos que em Portugal já foram publicados:





Para mais informação consulte-nos por email.

visite a nossa página oficial de Facebook