Setembro 22, 2009

A Cidade dos Ossos sai a 1 de Outubro!


Olá, criaturas demoníacas


Grande notícia – teremos o livro de Cassandra Clare, A Cidade dos Ossos, à mercê da nossa curiosidade insaciável já NO DIA 1 DE OUTUBRO. E, antes disso, posso dizer-vos, que talvez ainda esta semana, uma parte do primeiro capítulo do livro vai ser publicada aqui no blog!


Entretanto, ei-las, duas capas de A Cidade dos Ossos noutros países e, de novo, a que nós aqui em Portugal vamos adoptar. Penso que não há dúvidas, não é? Embora, entre a alemã (que dá ares de viagem ao mundo das fadas) e a inglesa (que não leva ninguém a interessar-se pela história…), preferimos a alemã… Qual é a vossa opinião, agora que vos temos mostrado tantas e tantas capas que se publicam por esse mundo fora?


german10


Capas alemã e inglesa A Cidade dos Ossos.


cs-capa1


Capa portuguesa A Cidade dos Ossos.


Entretanto, para abrir o apetite, vejam-me esta pérola encontrada num site de fãs da série Caçadores de Sombras. Vale a pena saber como funciona a imaginação de Cassandra Clare (a senhora ruiva na fotografia), como nasce a ideia para um livro que já tem milhões de seguidores em todo o mundo (no original, a série intitula-se Mortal Instruments). Que me dizem desta viagem indiscreta aos segredos de uma autora?



A ideia de Mortal Instruments surgiu durante uma tarde que eu passei na East Village. Estava com uma grande amiga minha, que me ia fazer uma visita guiada ao estúdio de tatuagens onde costumava trabalhar. Ela queria mostrar-me que as pegadas dela estavam marcadas no tecto, a tinta preta ? na verdade, as pegadas de toda a gente já lá trabalhara estavam impressas no tecto, cruzando-se e criando padrões. A mim, pareceu-me que uma batalha sobrenatural tinha sido ali travada, por seres que tinham deixado a marca das suas pegadas. Comecei a imaginar uma batalha mágica num estúdio de tatuagens de Nova Iorque, e a ideia de uma sociedade secreta de caçadores de demónios, cuja magia se baseia num sistema elaborado de runas tatuadas, simplesmente acendeu-se no meu pensamento. Quando me sentei para fazer o esboço do livro, quis escrever algo que combinasse os elementos tradicionais da alta fantasia ? uma épica batalha entre o bem e o mal, monstros terríveis, bravos heróis, espadas encantadas ? e os reformulasse sob uma óptica moderna e urbana. Assim nasceram os Caçadores de Sombras [Shadowhunters], clássicos guerreiros que seguem as suas tradições milenares, mas nesses espaços modernos e urbanos: arranha-céus, lojas, hotéis abandonados, concertos de rock. Nos contos de fadas, era a floresta escura e misteriosa, fora da cidade, que guardava a magia e o perigo. Eu quis criar um mundo em que a cidade se tornou a floresta ? onde esses espaços urbanos guardam os seus próprios encantamentos, perigos, mistérios e uma estranha beleza. Apenas os Caçadores de Sombras podem vê-los como eles realmente são.?


Cassandra Clare




Para mais informação consulte-nos por email.

visite a nossa página oficial de Facebook